IMA fiscaliza o comércio de agrotóxicos no estado

O agrotóxico exige cuidados na armazenagem e na comercialização. Portanto, a fiscalização do uso, transporte, venda e devolução das embalagens vazias desse produto tóxico é responsabilidade do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). Nos últimos dois meses, após denúncias recebidas, fiscais agropecuários devidamente protegidos com Equipamentos de Proteção Individual (EPI) organizaram uma força-tarefa em Minas.


Em ação conjunta com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), foram apreendidos mais de 5 mil litros de agrotóxicos fraudados em municípios nas regiões do Alto Paranaíba e do Triângulo Mineiro.
No estado, apenas estabelecimentos registrados no IMA podem comercializar os produtos permitidos.
Minas Gerais possui 11 centrais e mais de 50 pontos de recebimento de embalagens de agrotóxicos. Em Pouso Alegre, a Central de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxico celebrou 20 anos de atividade em dezembro de 2019. O espaço opera com capacidade para alocar cerca de 200 toneladas de embalagens ao ano e encaminha os vasilhames recolhidos para a indústria de aproveitamento e reciclagem.

Com informações Agência Minas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *