96ª Corrida Internacional de São Silvestre cria momentos inesquecíveis para Eloienses – Entrevista com Maria Bernadete

Nunca é tarde para compartilhar experiências. O evento que é tradição desde 1924, retornou em 2021 depois de ser adiado em 2020 devido ao covid-19. A Corrida Internacional de São Silvestre de 31 de dezembro de 2021, é a 96ª da história com cerca de 20mil inscritos. É montado um percurso de 15 km com início e fim na avenida Paulista, passando por vias da região central de São Paulo.

É reunido todos os anos, milhares de atletas e não atletas, do mundo inteiro. Tradicionalmente a competição acontece no dia 31 de dezembro, e conta com competidores de todos os continentes que vêm em busca de conquistar a corrida de rua mais importante da América Latina, como um encerramento do calendário esportivo anual.

Tivemos eloienses participando este ano e convidamos a Maria Bernadete Picheli, participante apaixonada pelo evento para nos contar tudo e até um pouco mais sobre essa maratona.

A prova é inclusiva e sua largada é designada por pelotões. Bernadete nos contou que há categorias de atletas cadeirantes, atletas cadeirantes com guia, atletas com deficiência, atletas de elite e a categoria de atletas geral. O pelotão de Elite são os melhores atletas selecionados por classificação de melhor tempo, podendo ser de outros países.

Café Mutuca: Bernadete, como foi sua experiência na 96ª Silvestre?

É sempre uma experiência gratificante, costumamos dizer que é uma festa… É maravilhoso poder em mais um ano dividir o circuito da São Silvestre, pelas ruas de São Paulo com tantos outros Atletas, uma sensação difícil de expressar em palavras!

Bernadete

Maria Bernadete: Foram tempos tão incertos, o medo de estar em meio a uma multidão de pessoas devido a pandemia era grande, medo da São Silvestre ser cancelada em cima da hora mais uma vez e não podermos participar era grande também! Foi um tempo de incertezas e muito sofrido, mas enfim chegou e foi maravilhoso! Todas as regras Sanitárias foram seguidas e a corrida mais esperado do ano aconteceu em grande Estilo!!!

Bernadete também nos diz que sentir a vibração das pessoas, de muitas pessoas simples, anônimas, conhecer histórias de superação, ver sonhos realizados é altamente contagiante.

Para milhares de pessoas, assim como para mim, esta é “A PROVA”! ESSA É A MAIOR CONQUISTA, TOCAR NA MEDALHA SAGRADA “SÃO SILVESTRE”! A largada é bem devagarinho no inicio, muita gente junta, andando, um calor humano inexplicável. Depois de uns 5 minutos flui bem e a sensação é incrível.

Café Mutuca: Como foi o evento em 2021?

Maria Bernadete: A largada é dividida em setores com cores do número de peito de cada atleta, devido ao tempo de duração da corrida escolhida no ato da inscrição. São Paulo é uma mega cidade, com super encantos, cada rua tem uma história, você vai correndo e apreciando cada detalhe. Grande parte do percurso é fechado com grades e ficam ladeados de pessoas que incentivam cada um que passa, gritando: “Vai lá”, “Força”, “Você consegue”, etc… É uma energia indescritível, uma emoção que chega a dar nó na garganta e arranca lágrimas dos nossos olhos. Difícil não se emocionar! O evento estava muito bem organizado. O kit foi retirado dias antes e na véspera mediante o comprovante de vacinação e na premiação o pessoal respeitou as orientações em relação ao uso de máscara, álcool em gel, etc. Haviam por lá muitos policiais, enfermeiros, banheiros químicos, fotógrafos, organizadores e como sempre a criatividade de muitos corredores nas fantasias mais diversas.

Café Mutuca: Quantas vezes você já foi a maratona? O que a faz querer participar todos os anos?

Maria Bernadete: Esta foi a minha “INESQUECIVEL” 5ª São Silvestre. Querer participar todos os anos é algo que fica no topo da lista, planejado desde o inicio do novo ano que se inicia, pois é contagiante e inesquecível. A corrida para mim é aquela paixão que chegou devagarinho e que me dominou por completo e a São Silvestre a melhor de todas!!! Se a energia de outras provas são boas, imagina então a energia da São Silvestre… O Coração fica a mil por hora, a emoção da largada é incrível e hora da chegada é surreal. Aquele momento só seu.

Não tenho palavras suficientes para descrever o que me leva a participar todos os anos!!! Só tenho uma certeza, eu vou!

Para nós atletas amadores na corrida de São Silvestre, que ficarmos uma hora ou mais, esperando a largada sem poder nos mexer, tudo juntinho e misturado, com aquela energia humana, onde todos os Atletas se reconhecem como irmãos, de laços jamais esquecidos. Sinto uma felicidade sem fim em ter realizado mais um sonho, participando da minha 5ª São Silvestre, finalizando meu ano da melhor maneira e muito feliz!
A São Silvestre este ano voltou presencialmente e foi maravilhoso ver as pessoas fisicamente ativas e felizes. Nenhuma atividade física em “home office” substituirá a presencial. A interação humana é essencial.

Bernadete ainda deixa uma frase: “Mens sana in corpore sano” (“alma sã em corpo são”).
Ela também compartilhou conosco outros eloienses que participaram da maratona em 2021 e os colaboradores.

O Grupo de Atletas Mutuka's Running de Eloi Mendes/MG participou da 96ª São Silvestre com um total de 06 (seis) Atletas.
*Paulo Cesar Flausino
*Maria Bernadete Picheli
*Adriana Pineli
*Giselle Cristina Santos
*Livia Belo de Lima
*Helenice de Sousa

Maria Bernadete: Destaco aqui, que tivemos uma valiosa contribuição com o transporte junto a Prefeitura Municipal de Elói Mendes, através da Secretaria de Esportes, na pessoa de Emanoel Mendes Cocunato (Secretário de Esportes de Elói Mendes), contribuição muito valiosa para nós! Também não poderia deixar de agradecer ao Café Mutuca por sempre apoiar atletas e a tantas outras causas em prol do ser Humano, onde sou imensamente grata! No mais, fica a certeza: que venha a próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *